0
Amadurecimento Textos

Por que você ainda não realizou seus sonhos?

23 de junho de 2018

     Pergunte a uma criança o que ela deseja e prontamente ela vai lhe cobrir de sonhos que podem ir de um brinquedo novo a colonizar um planeta em outra galáxia! Ao longo do nosso crescimento acabamos por limitar esses sonhos e os motivos são os mais variados possíveis: descobrir que os cientistas ainda não descobriram como sobreviver fora da terra, perceber que você nem gosta tanto de frio para ir viver com os esquimós ou por que você resolveu seguir a carreira artística e vai fazer filmes de zumbis. O problema é que na maior parte das vezes o motivo pelo qual desistimos de realizar nossos sonhos está diretamente ligado às impossibilidades que criamos, ou que deixamos criarem, sobre nós. É uma palavra errada de um amigo, um sentimento de comparação ou incapacidade, um momento financeiro, uma resiliência mais conformista, um desistir de si por não se achar merecedor. Ou seja, nenhum motivo justo. Não é normal sentir-se incapaz diante de seus sonhos, muito menos desistir deles.

     Você agora deve estar pensando “não é tão fácil assim” ou “mas eu não tenho isso ou aquilo” ou “mas eu não sou assim ou daquele jeito” e, acredite em mim, tudo isso são desculpas que permitimos que recaiam sobre nós. Eu não estou dizendo que é fácil, ao contrário, é difícil e exige muito sacrifício, mas é recompensador quando você sente um puta orgulho de si mesma. Quem me acompanha a mais tempo sabe que meu grande sonho era emagrecer e um dia eu simplesmente decidi que eu ia conseguir. Aceitei todas as restrições que eu passaria, mudei minha forma de pensar e assumi um plano que só dependia de mim para funcionar. Saí do lugar de dependência, onde eu nada podia fazer ou onde eu já havia tentado de tudo, para o lugar onde eu não desistiria até conseguir. O resultado são 32kg a menos e uma mudança significativa de vida. O que me fez sonhar ainda mais e perceber que é apenas minha a responsabilidade de lutar pelo que me faz feliz.

     Talvez uma luz tenha se acendido em você e agora, mesmo desconfiada, quer saber como fazer isso. Para mim, o início está em saber onde se quer chegar. Somente tomando consciência de quem se é, onde se está e para onde se vai é que se pode traçar um rumo. Não é um exercício simples, já estamos tão costumados a nos deixar em segundo plano que precisamos reaprender a pensar em nós, no que queremos e como podemos conseguir. É um processo de construção, ou melhor, de desconstrução, deixar que o mundo se resolva por si só. Acredite, as coisas se resolvem sem você. O que não se resolve é a sua frustração diante da sua vida, porque ninguém vai vencer as suas lutas, não adianta esperar que outra pessoa chegue e transforme seus dias. Isso é sua responsabilidade.

     Comece sendo honesta, você não precisa assumir isso para mim, nem para ninguém, apenas seja sincera com a pessoa que te encara no espelho. Tente fazer uma recapitulação de onde você está agora, pense em todos os âmbitos da sua vida. Quem é você no mundo? O que você faz? Onde você está? Por que você chegou até aí? Se questione de todas as formas possíveis. Então, quando não houver mais desculpas, você se conhecerá mais e vai poder traçar novos rumos, acertar velhas arestas, corrigir as rotas que se distanciaram e, principalmente, se amar mais.

Você também pode gostar de

13 Comentários

  • Reply
    Jéssica
    24 de junho de 2018 at 15:10

    Que texto foda! Precisava ler sobre isso; sobre determinação, sobre não desistir até conseguir. Gostei da escrita e gostei da repaginada no blog, ficou muito bom! Só uma dica, tentei te achar no instagram e o link está quebrado (procurei e encontrei o @achei_as_palavras , espero ser o certo hahaha).

    Beijos!

    • Reply
      lu_sfn@hotmail.com
      24 de junho de 2018 at 17:02

      Oie Jess, muito obrigada! Vou ver o link do insta. O antigo era sim @achei_as_palavras, mas acabei essa conta foi invadida e não consegui mais usar. Aí acabei deixando tudo no meu perfil pessoal mesmo!

  • Reply
    Caroline Guccione
    25 de junho de 2018 at 19:23

    Que lindo! “O problema é que na maior parte das vezes o motivo pelo qual desistimos de realizar nossos sonhos está diretamente ligado às impossibilidades que criamos, ou que deixamos criarem, sobre nós. ” É exatamante isso, as vezes a gente tem sonhos gigantes, e quem nao sonha tao grande assim, ou tem medo de que soframos no caminho, dizem que é melhor não ir e então se nao estamos fortalecidos sobre aquilo podemos ouvir e nos deixar levar. Aí começa o problema, se deixar levar pelos outros até que entao nem sabemos mais quem somos, temos nossa identidade roubada. Amei o seu blog <3 é tão leve e fala de assuntos que me interessam mt. um bj
    //suave-pensamento.blogspot.com/

    • Reply
      Lu SáFreire
      26 de junho de 2018 at 14:40

      AAAAAAAAAAAAAAAh Carol, poxa é por isso que eu escrevo, pq cada comentário desses é combustível. Obrigada!

  • Reply
    Eva Camargo
    26 de junho de 2018 at 16:26

    Quando vi seu comentário, sabia que não me arrependeria nem um pouco de clicar no linkezinho do final. Que texto maravilhoso!
    E realista, sem ser piegas sabe? É como se realmente algo se acendesse e eu entendi que realmente pode e vou dar um jeito nas coisas, mesmo que esteja ainda meio desconfiada de como (acho que você leu minha mente, não é possível).

    Realmente dia desses cheguei a pensar que sonhos não são para qualquer um ou simplesmente não eram para mm. Foi um daqueles dias difíceis, sabe? Mas, alguns trechos do teu texto me fizeram refletir sobre algumas questões e reaver meus conceitos. Foi edificante.

    Obrigada por tê-lo escrito.

    Com amor, Eva.
    amavelgirassol.blogspot.com

    • Reply
      Lu SáFreire
      27 de junho de 2018 at 18:13

      Oie Eva! Muito obrigada pela sua visita! Viajei horas no seu blog, na verdade ainda estou com ele na aba! É tão bom encontrar conteúdo de verdade. Sonhos são sim para quem quiser sonhar, correr atrás, construir. Dias difíceis existem sim, para eles nós estamos aqui, repartindo as alegrias e os conhecimentos e os sonhos e fazendo dessa internet um lugar de apoio, de encontro e de amizade. Venha sempre que quiser, a porta está sempre aberta. E pode esperar minha visita tbm! <3

  • Reply
    Rebeca
    29 de junho de 2018 at 04:01

    Oii Luu!! Eu adorei o seu post. E, por coincidência foi o meu papo com uma amiga hoje no almoço. Que louco HAHA Mas além das desculpas que criamos também acho que poucas pessoas estão conscientes o suficiente pra saberem, primeiro, onde estão e depois para onde querem ir. A vida adulta segue muito no modo automático e nem percebemos. Quando vemos, os sonhos já não fazem sentido e paramos de sonhar, de querer algo além, de nos manter motivados. Enfim, somos responsáveis pela nossa vida e pelo nosso caminho, e principalmente pela nossa felicidade. Parabéns pelo seu post. Sabes que adoro esses papos ne?! Beeeijo

  • Reply
    Simone Benvindo
    29 de junho de 2018 at 15:05

    Que texto inspirador, eu estava estes dias bem desanima comigo, mas graças a Deus me animei e sei que meu futuro depende de mim, das minhas atitudes de hoje. Por isso não vou desistir. ♥ Amei seu texto
    Charme-se

  • Reply
    Amanda
    29 de junho de 2018 at 15:14

    Que tapão esse post, caiu como uma luva pra mim. Sou bem essas que desiste antes mesmo de começar, sempre achando q vou fracassar. Quero muito mudar isso em mim, mas não é do dia pra noite infelizmente. Com calma vamos mudando nosso pensamento.
    Beijos,

    Amanda
    //www.amandasoldi.com

  • Reply
    June Damasceno
    29 de junho de 2018 at 18:39

    Seu texto é inspirador, super concordo que criamos muitas desculpas , e é algo que não deveria já que é algo seu, um sonho só seu.
    Com seu texto parei para pensar em qual era o meu sonho, pois não lembrava de nenhum. Mas talvez espalhar o bem por meio do blog ou redes sociais, acho que inspirar pessoas. Muito obrigada , me ajudou mesmo a pensar melhor! Kissus

  • Reply
    Luma Vieira
    29 de junho de 2018 at 20:47

    ^Muito bonito seu texto, gostei de ter encontrado. Realmente e muito dificil estar esperando as coisas acontecerem … Ainda bem que vc falou sobre ter que fazer os sacrificios. Beijos

  • Reply
    Girlady Bouvier
    29 de junho de 2018 at 23:01

    Oi, Lu! Gostei da forma sincera que você falou no texto. E sendo sincera também, correr atrás dos nossos sonhos dá trabalho. Primeiro porque a gente precisa aceitar algumas verdades sobre nós mesmos que não queremos encarar. Segundo por que a partir do momento que sabemos o que queremos, temos que admitir é nossa responsabilidade fazer acontecer. E cabe a nós decidirmos se essa realização é algo pra nos amedontrar ou nos encorajar. Ainda estou tentando ver meus desafios como chances de encontrar essa coragem 🙂

    Bjs
    Gih

  • Reply
    Raissa Gomes
    29 de junho de 2018 at 23:34

    Que textão (no bom sentido!), super necessário e cheio de verdades!
    Curti muito o jeito que você escreve <3

    Eu ando bem desanimada com sonhos, mas ainda não desisti deles hehe

Deixe um Comentário