0
Amor beijo poesia

Força

26 de junho de 2015
Vem de uma sinfonia mágica,
Que posso voar;
Vem dos sinos que anunciam:
“Meia-noite chegou!”.
Vem dos suspiros da luz,
Que a lua soltou;
Vem das insinuantes estrelas,
Que posso cantar;
Vem das ondas do mar
A ir e voltar…
Vem de dentro do meu coração,
Das palavras que canto.
Vem de repente
Na linda canção.
Vem do amanhecer do dia,
Do desabrochar da flor;
Vem da alegria intensa

Que canto esse amor!

Você também pode gostar de

Sem Comentários

    Deixe uma resposta

    %d blogueiros gostam disto: