0
Dieta Dukan Lifestyle

Consciência e reflexão. Um olhar da psicologia para o Projeto

6 de agosto de 2018

Oi geeeente!!! Aqui é a Rafa, Psicóloga e Coach do @_papodecacto que a Lu convidou para fazer parte do Projeto Dukan. Ela também  me concedeu o espaço do Blog para falar um pouco mais profundamente com vocês.

Primeiro de tudo: Gostaria de orientar que, como no caso de qualquer outra iniciativa de dieta, é necessário um alto grau de consciência corporal.  E  a recomendação  é conversar com seu médico.  Perceber as reações, as mudanças, afinal trata-se de uma dieta radical. Mas não só prestar atenção ao corpo, como também é importante estar atento e cuidar das nuances emocionais que ela pode trazer. Lembrando que cada organismo funciona de uma forma e as reações, portanto, podem ser diversas.

 

Feito isso, é muito importante que você identifique qual sua relação com a comida.

Por muito tempo ela pode estar sendo relacionada ao prazer ou a punição ou recompensa. O que quero dizer, é que muitas vezes recorremos aos sabores para nos satisfazer, ou nos punir de algo que pode estar revolto no inconsciente. Muito comum é você se esforçar e não entender o porque de algumas ações e comportamentos parecerem ir contra aquilo que planeja e deseja.

Também pode ser o caso de uma tentativa de preenchimento de algum vazio que pode haver dentro de você.

Muitas vezes colocamos em nossa boca o que sentimos que não está em nosso coração.

Veja se você se identifica com a seguinte situação:

Você já acorda ansioso e ao longo do dia se sente estressado. Para contribuir com o mood do dia, algo de bem desagradável acontece. Você imediatamente pensa que a solução para sair daquela bad é estar em frente do seu prato predileto ou algo bem gorduroso. E antes de dar a primeira garfada diz “eu mereço” como se aquilo fosse de fato uma recompensa. E aí? Te parece familiar essa cena?

Se a resposta for sim, te convido agora a responder outra pergunta, que talvez você nunca tenha parado para fazer: Será que mereço mesmo?

Você realmente acha que merece somente alguns minutinhos de prazer e o resto do dia, ou da vida de insatisfação?

Preste atenção nas desculpas que você pode estar dando para si mesmo. Reflita sobre sua atual atitude perante a comida. E pense em qual você quer que seja daqui pra frente.

Mas aqui vai uma dica da Rafa: você merece O MELHOR! 😉

 

Você também pode gostar de

3 Comentários

  • Reply
    Rebeca
    9 de agosto de 2018 at 02:58

    Oii Lu e Rafa, parabéns pelo post. Lu, estou adorando como você anda trazendo temas variados aqui!! Eu concordo muito que descontamos boas e más frustrações na comida. E só quando eu entendi que comida é o que me sustenta e não o que me faz feliz é que consegui relaxar um pouco mais e cuidar de mim. Parabéns pelo post e pelo conteúdo!! Beijo

    • Reply
      Lu SáFreire
      10 de agosto de 2018 at 17:33

      Rê, que bom que você está curtindo! Estou tentando falar de tudo aquilo que me toca e, de alguma forma, tocar outras pessoas! Obrigada sempre pelo teu carinho!

    • Reply
      Rafa Maycot
      11 de agosto de 2018 at 13:11

      Que bom que está gostando Rebeca! Muito obrigada!! Fiquei bem feliz com seu retorno. E é exatamente isso, ela tem que ser algo para te fazer o bem e não criar dependência. Continue cuidando de você e seja muito feliz. Beijo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: